Vocacional




Deus chama a cada pessoa em particular. Algumas são chamadas a servir à Igreja como leigos e outras, como religiosos e religiosas, nas diversas Congregações e Ordens Religiosas.

Nós, Irmãs Missionárias do Santo Nome de Maria temos a missão de colaborar nesse trabalho evangelizador de Jesus Cristo a exemplo de Maria.

E para que esse nosso trabalho tenha continuidade, é necessário que haja jovens generosas, com coração disponível a fim de somar conosco nessa nossa missão.


Na Igreja, quem é a Irmã Missionária do Santo Nome de Maria? 

Conforme o nosso Fundador, Dom Willhelm Berning, a Irmã Missionária do Santo Nome de Maria é aquela que, respondendo ao chamado de Deus, procura irradiar a luz de Jesus Cristo no coração das pessoas, especialmente das crianças, dos jovens, dos doentes e abandonados. Nossa vocação é de sermos apóstolas do amor de Deus dedicando-nos totalmente e com o coração aberto ao Reino, assim como Maria viveu.









ETAPAS DA FORMAÇÃO RELIGIOSA DAS

IRMÃS MISSIONÁRIAS DO SANTO NOME DE MARIA


 

ACOMPANHAMENTO VOCACIONAL

A jovem inicia o processo de discernimento vocacional através de encontros que acontecem nas Comunidades de nossa Congregação nas regiões onde atuamos.

Visando o discernimento vocacional das jovens que desejam conhecer o Carisma da Congregação, oferecemos a elas a oportunidade de fazer uma experiência interna nos fins de semana, nas férias ou conforme as possibilidades numa das nossas Comunidades. Assim,  oportunizamos um conhecimento melhor das Irmãs, dos seus trabalhos e vivência comunitária e religiosa. 


ASPIRANTADO

Nessa etapa a jovem é acolhida em uma das Comunidades da nossa  Congregação, tendo em vista o discernimento vocacional conforme o Carisma e Espiritualidade das Irmãs Missionárias do Santo Nome de Maria por meio do testemunho e convivência.

A jovem adquire um conhecimento maior da Vida religiosa e da Congregação. É tempo de preparação e de decisão para entrar no Postulantado. A duração depende da maturidade de cada jovem.


POSTULANTADO

De acordo com o Direito Canônico, “o Postulantado é o tempo de preparação para o ingresso no Noviciado” (Can. 597§2). Nesse período “é oferecido à Postulante a oportunidade de conhecer a vida e as atividades da nossa Congregação, assim como o de obter clareza a respeito de suas aptidões e inclinações.” (Const. 72).

A etapa do Postulantado tem a duração de no mínimo seis meses. Conforme a idade, preparo e maturidade da jovem, ela pode estender-se por dois anos. (cf. Const. 74).


NOVICIADO

Conforme as nossas Constituições (nº 79) e o Cânon da Igreja (nº 646), com o Noviciado inicia-se a Vida Religiosa. Esta etapa destina-se, sobretudo, a introduzir a noviça na vida e no espírito da nossa Congregação de tal forma que sejam comprovadas sua intenção e aptidão. Ela deve fazer experiências  do modo de viver da Congregação, desenvolver as suas capacidades humanas, entender e aprender  o sentido e o conteúdo dos Conselhos Evangélicos, crescer no amor a Cristo e se preparar assim para a emissão da Profissão Temporária. (Can. 646; Const. nº 79).


JUNIORADO

O Juniorado é o período entre a Profissão Temporária e a Profissão Perpétua. Este visa à formação teológica e espiritual da Irmã juniorista e serve para averiguar sua vida religiosa, principalmente em relação à vida comunitária e à missão apostólica da Congregação. Ele deve propiciar à jovem Irmã uma maturidade humana e espiritual sempre crescente. Durante essa etapa, a juniorista participa da vida e do apostolado em nossas comunidades. Ela se empenha em integrar sua vida espiritual com as atividades apostólicas. Para isso ela é auxiliada pela acolhida e pelo exemplo da Comunidade em que vive (cf. Const. 95 e 96), pela Irmã formadora, pela Superiora Provincial e seu Conselho.


TERCIADO

“O Terciado é o tempo de preparação imediata para os Votos Perpétuos. Para isso, a juniorista se prepara num clima de silêncio favorável à oração e renovação espiritual, para sua entrega total a Cristo e para a incorporação definitiva na nossa Congregação. O terciado tem a duração mínima de três meses.” (Const. nº 100, 100.1).


FORMAÇÃO PERMANENTE

Cada Irmã, por toda vida, continua diligentemente a sua formação espiritual-doutrinal-profissional permanente, visando uma atualização sempre crescente diante dos mais diversos trabalhos realizados. Dessa forma, estará correspondendo às atuais necessidades na realidade em que atua. (cf. Can. 661 e Const. 109).





Em sintonia com a CNBB do Regional Sul 2 
Rezemos pelas Vocações





Oração 

Maria, Mulher da escuta, abre os nossos ouvidos; faze com que saibamos ouvir a Palavra do teu Filho Jesus, no meio das mil palavras deste mundo; faze com que saibamos ouvir a realidade em que vivemos, cada pessoa que encontramos, especialmente quem é pobre e necessitado, quem se encontra em dificuldade.
Maria, Mulher da decisão, ilumina a nossa mente e o nosso coração, a fim de que saibamos obedecer à Palavra do teu Filho Jesus, sem hesitações; concede-nos a coragem da decisão, de não nos deixarmos levar pelos   que querem orientar a nossa vida. 
Maria, Mulher da ação, faze com que as nossas mãos e os nossos pés se movam "apressadamente" rumo aos outros, para levar a caridade e o amor do teu Filho Jesus, a fim de levar ao mundo, como tu, a luz do Evangelho. Amém!

(Papa Francisco - Oração à Maria no final da recitação do Santo Rosário (Praça de São Pedro, 31 de maio de 2013)

 

NOSSO CONTATO



Você gostaria de conhecer nossa Congregação?

Nós, Irmãs Missionárias do Santo Nome de Maria, esperamos por você!

Entre em contato conosco.



AGENDA 2018

 "ENCONTRO VOCACIONAL FEMININO"