BATIZADOS E ENVIADOS

O Papa Francisco proclamou outubro de 2019 como Mês Missionário Extraordinário com o objetivo de “despertar em medida maior a consciência da missão ad gentes e retomar com novo impulso a transformação missionária da vida da Igreja. Trata-se de um acontecimento eclesial de grande importância que abrange todas as Conferências Episcopais, os membros dos institutos de vida consagrada, as sociedades da vida apostólica, as associações e movimentos eclesiais.

O tema é: “Batizados e enviados no âmago da Igreja de Cristo em missão no mundo”. Trata-se de “pôr a missão de Jesus no coração da Igreja, transformando-a em critério para medir a eficácia de suas estruturas, os resultados de seu trabalho, a fecundidade de seus ministros e a alegria que eles são capazes de suscitar. Porque sem alegria não se atrai ninguém”, afirma o Papa Francisco.

 Como Batizados e enviados, somos chamados a assumir o compromisso com a conversão pessoal, comunitária e pastoral a Jesus Cristo crucificado, ressuscitado e vivo em sua Igreja. Chamados a renovar o ardor e a paixão por testemunhar ao mundo, através da proclamação e da experiência cristã, o Evangelho da vida e da alegria pascal (Lc 24, 46-49; Evangelli Gaudium)

Conforme orientação do Papa Francisco, a celebração do Mês Missionário de 2018 no Brasil, serviu de início para preparação do Mês Missionário de 2019, “de modo que todos os fiéis tenham verdadeiramente consciência que o anúncio do Evangelho e a transformação das suas comunidades em realidades missionárias e evangelizadoras é missão de todos os batizados.

 Oxalá, este mês missionário extraordinário,  aumente o nosso amor pela missão, que “é uma paixão por Jesus e, simultaneamente, uma paixão pelo seu povo” (Carta do Papa Francisco  em 22 de outubro de 2017).

Ir. M. Helena Teixeira - Provincial MSNM